X dúvidas frequentes sobre o tijolo ecológico

A necessidade de preservação do meio ambiente está cada vez mais presente, e o ramo da construção civil já vem se adaptando a essa realidade. É possível encontrar várias alternativas de materiais e medidas que buscam reduzir o impacto ambiental de todo tipo de imóvel. Entre eles estão: o telhado verde, os painéis solares e o tijolo ecológico. O tijolo ecológico tem esse nome por não haver queima ou combustão em seu processo de fabricação. Assim, não há liberação de CO2 na atmosfera, o que gera um impacto ambiental positivo. Além disso, geralmente ele pode ser fabricado com resíduos da construção civil, promovendo a reutilização de recursos e evitando o desperdício. Ainda tem dúvidas em relação ao tijolo ecológico? Fique tranquilo! A seguir, iremos responder quatro das dúvidas mais frequentes sobre esse material. Acompanhe com a gente e entenda de uma vez por todas quais as vantagens do tijolo ecológico para o meio ambiente e também para a construção civil.

Do que é feito o tijolo ecológico?

Existem formas diferentes de fabricação do tijolo ecológico, com materiais e processos diferentes. Conforme já mencionamos, o que eles têm em comum é o fato de não haver combustão ou queima durante a fabricação. Mas existem dois modelos principais, com diferenças fundamentais. Falaremos com mais detalhes sobre cada um deles a seguir. O primeiro, mais comum, é conhecido também como bloco de solo-cimento. Trata-se de uma fabricação que leva em sua composição terra, cimento e água. Geralmente a proporção de cimento é bem baixa, configurando apenas 10% da composição total do tijolo. Além disso, a terra ou solo utilizado pode ser pego virtualmente em qualquer lugar, uma vez que é um solo arenoso. Os materiais são misturados e prensados em uma prensa manual ou hidráulica. O segundo é ainda mais ecológico do que o primeiro. Isso porque ele é fabricado a partir de resíduos da construção civil, como argamassa, tijolos convencionais e muitos outros. Na verdade, é possível construir tijolos ecológicos até mesmo com outros tipos de resíduo. De fato, existem tijolos ecológicos que levam em sua composição resíduos de pneus, bagaço de cana, couro, fibra de coco e muitos outros materiais orgânicos. Isso evita que esses materiais poluam a natureza, contribuindo para os impactos positivos do tijolo ecológico para a natureza.

O processo de construção difere da alvenaria comum?

Difere, sim. Isso porque as propriedades físicas do tijolo ecológico são muito diferentes das do tijolo convencional. Basicamente, o tijolo ecológico por si não tem função nem propriedade de sustentação. Portanto, é preciso tomar medidas diferentes no que diz respeito à estruturação do imóvel. De forma geral, os imóveis fabricados com tijolos ecológicos são estruturados por uma malha de concreto armado que passa por dentro dos tijolos. Há cintas de amarração e colunas de sustentação envolvidas. Porém, mesmo assim, a construção é mais rápida do que a feita com tijolos convencionais, e o imóvel tem a mesma estrutura e firmeza. Muitos questionam se é possível construir imóveis com mais de um andar de tijolos ecológicos. E a resposta é que, sim, é perfeitamente possível, desde que os andares sejam sustentados adequadamente. Outro detalhe importante é que o processo de assentamento é diferente, e é preciso que os profissionais se familiarizem com ele antes de começar o trabalho.

Quais as vantagens de utilizar o tijolo ecológico?

Existem muitas vantagens envolvidas na utilização do tijolo ecológico, e a mais proeminente delas é justamente a questão ambiental. O processo de fabricação, bem como o uso de materiais reaproveitados, já ajuda a diminuir o impacto da construção para o meio ambiente, mas não se restringe a isso. O processo de construção com o tijolo ecológico é mais simples e rápido. Por isso, ele acaba consumindo menos recursos vitais, como água, energia elétrica e afins. Dessa forma, ele também contribui para a preservação do meio ambiente, e também para economia de recursos financeiros por parte da construtora. Além disso, como tem uma boa aparência, ele dispensa acabamentos, tornando-os virtualmente opcionais. Ele também é vantajoso no que diz respeito ao isolamento térmico. Por conta de seu material diferenciado, ele consegue manter a temperatura interior do imóvel sempre neutra, independente do clima externo. Outro detalhe é que ele possui furos em sua estrutura, então não é preciso promover a quebra dos tijolos para passar tubulações de água ou fios elétricos. Isso também contribui para a redução de entulho. O tijolo ecológico de boa qualidade é também mais resistente do que o tijolo convencional. Por isso, sua durabilidade é maior. Porém, tome cuidado e só compre tijolos ecológicos dentro das normas da ABNT – do contrário você pode acabar comprando um produto que irá comprometer a estrutura do imóvel.

Quais as desvantagens desse material?

Como nada é perfeito, o tijolo ecológico não tem só pontos positivos. Existem também algumas desvantagens relacionadas ao uso desse material que devem ser levadas em conta na hora de decidir como proceder com a sua construção. A seguir iremos explorar um pouco algumas delas. A principal desvantagem do tijolo ecológico é que, uma vez pronta, a obra não permite alterações na sua estrutura, devido ao processo de encaixe. Portanto, é preciso ter todo o projeto muito bem planejado nos mínimos detalhes antes de iniciar. Isso vai desde a instalação de água e esgoto até o local exato de portas e janelas. Portanto, ele é muito menos flexível no que diz respeito a erros ou mudanças intencionais. Outra desvantagem é que, como o tijolo ecológico ainda está se popularizando, é difícil encontrar mão de obra especializada que saiba trabalhar com o processo diferenciado de construção exigido por esse material. Além disso, ainda são poucas as lojas que trabalham de forma ampla com esse material. Porém, como você deve ter percebido, as vantagens do tijolo ecológico ainda superam em muito as desvantagens. Para quem tem preocupações ambientais, é essencial utilizar o tijolo ecológico na construção. De fato, a tendência é que logo ele seja mais procurado do que o tijolo convencional. E aí, você já começou a oferecer tijolo ecológico para os seus clientes? Então confira as nossas opções e revenda esse material sustentável em sua loja. Entre em contato conosco através do WhatsApp ou e-mail para mais informações.

Mini Chalés Modernos: Conforto em pequenos espaços

Os mini chalés modernos são a personificação do conforto e da elegância em espaços compactos. Essas pequenas casas oferecem uma alternativa encantadora para quem procura simplificar sua vida, reduzir sua pegada ecológica e viver de forma mais consciente.

Leia mais »